cctv

A segurança de pessoas e bens é um tema que preocupa de modo crescente a sociedade. Com o objectivo de salvaguardar aquilo que lhes é mais precioso, restaurantes, escolas, fábricas e lojas, entre outras actividades e entidades, recorrem cada vez mais ás várias soluções disponíveis, pretendendo controlar melhor os procedimentos, infra-estruturas e instalações.

Vídeo Vigilância - CCTV

Blog-Intelligent-CCTV

Com a flexibilidade que lhe é proporcionada pela sua relação com as chamadas novas tecnologias, a Video-Vigilância é uma das soluções de segurança cuja procura mais tem aumentado nos últimos anos.

No entanto, se por um lado a existência de câmaras que recolhem imagens de um determinado espaço, 24 horas por dia, pode agradar à partida, porque nos sentimos mais seguros, convém lembrar que essa recolha de imagens, e de dados pessoais, pode interferir com os direitos, liberdades e garantias individuais do cidadão.

Alguns tipos de estabelecimentos podem ser obrigados, em termos e condições determinados, a dispor de um sistema de segurança privado de CCTV.

As câmaras de vídeo podem ser uma vantagem no que diz respeito ao controlo de situações como sejam os assaltos ou as agressões e devem ser utilizadas para esses fins, mas acima de tudo é muito importante que as pessoas conheçam estes sistemas e todas as funcionalidades que lhes são atribuídas.

CCTV MOBILE

AGORA PODE TER A IDEIA DE COMO É O MONITORAMENTO  DO SEU ESTABELECIMENTO EM SUAS MÃO!

Visualize 24 hrs as actividades de sua Empresa, Casa, e outros fins a partir do seu TELEMÓVEL e TABLET em tempo real!

TIPOS DE CAMERAS

Sistemas analógicos, com Gravação Digital

Houve um tempo em que a tecnologia dos sistemas de CCTV era totalmente analógica e a gravação de imagens era efectuada em cassetes VHS.

No início da década de 90 do séc. XX surgiram os primeiros sistemas de gravação digital (DVR) que oferecem inúmeras vantagens e superam em muito as prestações dos clássicos sistemas de gravação analógicos, no entanto, esta geração de sistemas não pode ser considerada puramente IP, uma vez que converte os sinais de vídeo analógicos para formatos digitais, os quais são posteriormente armazenados num disco rígido, podendo ser acedidos remotamente por IP.

Esta tecnologia apresenta algumas vantagens e desvantagens quando comparada com os mais recentes sistemas baseados na tecnologia IP.

Vantagens dos sistemas baseados em câmaras Analógicas

  • Baixo custo – As câmaras analógicas geralmente têm um custo mais reduzido que as câmaras IP.
  • Maior variedade – Existe uma grande variedade de modelos/tipos de câmaras analógicas.
  • Compatibilidade – Capacidade de total integração de câmaras de vários fabricantes

Desvantagens dos sistemas baseados em câmaras Analógicas

  • Custos de instalação – As redes de cablagens destes sistemas apresentam custos mais elevados e estão limitadas á distância máxima de transmissão permitida pelo cabo coaxial, porque existe degradação da imagem em função da distância percorrida.
  • Dificuldade de expansão – As instalações de sistemas baseados em câmaras analógicas estão limitadas ao número de câmaras permitidas pelo DVR, sendo por vezes necessário proceder à substituição do gravador existente.
  • Resolução inferior – A imagem analógica digitalizada raramente gera uma definição superior a 0.4 Megapixel. As câmaras IP apresentam uma resolução de 3 Megapixel ou mais.

    Sistemas analógicos, com Gravação Digital

    Houve um tempo em que a tecnologia dos sistemas de CCTV era totalmente analógica e a gravação de imagens era efectuada em cassetes VHS.

    No início da década de 90 do séc. XX surgiram os primeiros sistemas de gravação digital (DVR) que oferecem inúmeras vantagens e superam em muito as prestações dos clássicos sistemas de gravação analógicos, no entanto, esta geração de sistemas não pode ser considerada puramente IP, uma vez que converte os sinais de vídeo analógicos para formatos digitais, os quais são posteriormente armazenados num disco rígido, podendo ser acedidos remotamente por IP.

    Esta tecnologia apresenta algumas vantagens e desvantagens quando comparada com os mais recentes sistemas baseados na tecnologia IP.

    Vantagens dos sistemas baseados em câmaras Analógicas

    • Baixo custo – As câmaras analógicas geralmente têm um custo mais reduzido que as câmaras IP.
    • Maior variedade – Existe uma grande variedade de modelos/tipos de câmaras analógicas.
    • Compatibilidade – Capacidade de total integração de câmaras de vários fabricantes

    Desvantagens dos sistemas baseados em câmaras Analógicas

    • Custos de instalação – As redes de cablagens destes sistemas apresentam custos mais elevados e estão limitadas á distância máxima de transmissão permitida pelo cabo coaxial, porque existe degradação da imagem em função da distância percorrida.
    • Dificuldade de expansão – As instalações de sistemas baseados em câmaras analógicas estão limitadas ao número de câmaras permitidas pelo DVR, sendo por vezes necessário proceder à substituição do gravador existente.
    • Resolução inferior – A imagem analógica digitalizada raramente gera uma definição superior a 0.4 Megapixel. As câmaras IP apresentam uma resolução de 3 Megapixel ou mais.

Mais recente, é a solução HDTVI que pode permitir ao cliente configurar um sistema totalmente novo 720p/1080p resolução vigilância analógico com vantagens de transmissão de longa distância (500 metros) através de cabo coaxial.

Esta nova tecnologia permite que o utilizador actualize o seu sistema analógico existente de resolução padrão com HD-TVI compatível com câmaras e DVRs.

Em comparação com outras tecnologias de vigilância por vídeo, a nova solução de HDTVI (Transporte de Vídeo Interface de alta definição) podem todos os utilizadores de CCTV analógicos apreciar a resolução HD sem investir uma quantia enorme de dinheiro na religação da infra-estrutura existente de cabo coaxial.

A câmara HDTVI pode entregar livre de latência 720p/1080p vídeo de alta definição ao longo de até 500 metros. Apenas substituindo as suas câmaras e DVRs com produtos compatíveis com HDTVI, pode perfeitamente actualizar o seu sistema para um sistema analógico HD.

Uma câmara IP contém um servidor Web integrado o que possibilita o envio de imagens ao vivo através de uma rede IP, como por exemplo através de uma LAN, Intranet ou Internet.

Câmaras standard IP e câmaras IP Megapixel

Existe uma grande diferença entre as câmaras IP standard e as câmaras IP megapixel:

As câmaras IP standard têm geralmente a mesma resolução que uma câmara analógica com o acréscimo de possuírem um codificador de vídeo para converter o sinal analógico para um endereço IP.

As câmaras IP megapixel são câmaras de alta definição que proporcionam imagens de elevada resolução (1.3, 2, 3, 5, 8 ou mais megapixéis), este tipo de câmara fornece imagens em que a resolução contém de 3 a 50 vezes mais detalhe que uma câmara analógica, permitindo cobrir maiores áreas sem perca de resolução, ver melhor esses detalhes e identificar pessoas e objectos com maior definição de imagem – um elemento chave em vídeo vigilância.

Vantagens das câmaras IP:

  • Não necessitam de um computador para que as imagens sejam enviadas para a Internet, ou rede IP.
  • Não necessitam de softwares ou placas adicionais para o seu normal funcionamento.
  • São de fácil instalação e possuem o seu próprio endereço de IP, que se liga de forma automática à rede por meio de um hub/router.
  • Permitem a visualização em MPEG-4 e a gravação em simultâneo em Motion JPEG.
  • Proporcionam, em muitas delas, uma comunicação bidireccional de áudio.
  • As imagens e o áudio podem ser encriptados, garantindo a sua integridade e privacidade.
  • Permitem o acesso ao vídeo e ao áudio através de um “web browser” e uma ligação Internet.
  • A qualidade da imagem de uma câmera IP é muito superior ao da imagem analógica digitalizada.
  • Podem utilizar a rede estruturada existente, facilitando a sua instalação e reduzindo o custo da instalação

Sistemas híbridos

Cada vez mais o CCTV está a adoptar a tecnologia IP, mas a maioria dos sistemas existentes são ainda analógicos.

Os DVR híbridos facilitam a fácil integração dos sistemas existentes com a mais recente tecnologia IP, permitindo uma implementação de CCTV/IP a custos mais reduzidos.

Estes sistemas fazem uso das duas tecnologias, analógica e IP, reutilizando e integrando, num mesmo sistema, as câmaras e cablagem analógicas existentes e as novas câmaras IP, podendo ainda fazer uso de uma cablagem de rede estruturada existente e assim baixar significativamente os custos de transição de um sistema analógico para um sistema IP, permitindo a sua evolução gradual.

Cablagem

Alimentação eléctrica

Os circuitos de alimentação dos sistemas de CCTV deverão ser estabilizados e centralizados num local restrito, por exemplo numa zona técnica, para que inviabilize a interrupção de funcionamento por parte de terceiros.

Transmissão de imagem por cabo coaxial

Os sistemas de CCTV convencionais emitem a imagem em sinal de vídeo composto através de um cabo coaxial de cada câmara até ao equipamento receptor/DVR.

Transmissão de imagem por cabo UTP

Para câmaras analógicas

Para instalações onde existam problemas de passagem de cabos ou distancias muito longas, é possível transmitir as imagens através de cabo UTP, o que facilita a instalação e mantêm a qualidade do sinal emitido pelas câmaras, sendo possível até a passagem em simultâneo de vários sinais de vídeo, áudio e dados num único cabo UTP.

Para a utilização de cabo UTP para a transmissão destes sinais são utilizados conversores passivos, que não necessitam de alimentação externa, e activos, que necessitam de alimentação externa e permitem, no caso da transmissão de vídeo, cobrir distâncias maiores.

Para câmaras IP

Os sistemas de cablagem para CCTV/IP utilizam cabo UTP e a sua elaboração segue as regras das redes estruturadas de voz e dados (ver Redes Estruturadas de Cobre e Fibra Óptica)

Exemplos de ligação de sistemas de CCTV analógicos com inclusão de conversores de vídeo, áudio e dados por cabo UT

Sobre nós

A Ramossoft é uma Empresa 100% angolana, formada por técnicos e engenheiros angolanos, por iniciativa do Engenheiro Osvaldo Ramos, que se apresenta como um projecto ambicioso e responsável de prestação de serviços informáticos.

Perguntas Frequentes (FAQs)

Como adquirir um Software da Ramossoft?
Como activar uma licença?
Quais são os cursos que a Ramossoft lecciona?
Como fazer inscrição de curso via Online?
Onde localizar a Ramossoft?
Como agendar uma apresentação de Software?
Como obter o manual de apoio de Softwares?

Softwares Destaques

Software de Gestão Hospitalar (WinGest)

Software de Gestão de Restaurantes (4_Rest)

Software de Gestão Hoteleira (RS-Hotel)

Newsletter

+244 923 29 29 70

info@ramossoft.com

© 2019. Ramossoft Todos Direitos Reservados.

Ramossoft iVA